O SEGREDO DA FANTASIA DE PURIM

Uma pessoa tem que acreditar no conceito de Deus, a fim de servir a Deus. Por exemplo, um ateu nunca servirá a Deus. Mas não temos que acreditar no conceito da força chamada “o Oponente” ou “O Satan”, a fim de servir a esta força obscura. Na verdade, se nós realmente acreditássemos na existência deste poder obscuro, nunca o serviríamos. A única razão pela qual permitimos ao nosso ego controlar nossas vidas, controlar e motivar todo o nosso comportamento e respostas, é porque realmente não acreditamos que o ego exista como uma força escura separada, cuja única missão é sabotar nossas vidas.

Acreditamos que o ego somos nós. Mas não é. É a força chamada de “O Oponente.”

A situação é ainda mais complicada. Acompanhe atentamente: Quando alguém age errado conosco, nos magoa ou compete conosco, não acreditamos que a força chamada “O Oponente” ou “O Adversário” ou “O Satan” está realmente controlando a outra pessoa. E porque não vemos o Satan por trás dos bastidores, levamos tudo que alguém nos faz para o lado pessoal. Tornamo-nos zangados com a outra pessoa. Tornamo-nos competitivos, ciumentos, loucos e bastante chateados com este indivíduo, nunca, nunca mesmo percebendo que é TAMBÉM a mesma força do Satan incitando a nossa própria raiva. Que estratégia absolutamente brilhante, inteligente, astuta e quase imbatível do Satan. Ele literalmente se esconde da nossa consciência. Ele incita ações negativas dos nossos amigos e inimigos e, em seguida, ele incita a nossa própria raiva como a nossa resposta para destruirmos uns aos outros. Todo o tempo ele ri nos bastidores enquanto puxa as cordas de marionete de ambos os lados de um argumento.

É por isso que amigos lutam, famílias lutam, nações e líderes de diferentes fés lutam. É o Satan, o ego, o Oponente que está enganando a cada um de nós para lutarmos uns com os outros em vez de focalizarmos nossa atenção sobre ele.

Nós não temos inimigos externos no mundo. Mas tente contar a um israelita que um muçulmano não é seu inimigo. Vê como é difícil a nossa situação? A coisa mais difícil na Terra é desenvolver uma consciência e certeza na existência do Satan, o Oponente, o nosso ego como a fonte de todo conflito e guerra.

O AROMA DA DÚVIDA

Nós não acreditamos que o Oponente existe porque a sua própria essência e DNA é o poder da dúvida e da incerteza. Sabe o que isso significa? Isso significa que o quanto mais você se aproximar de Satan, mais duvidará da própria existência dele. Como eu disse, isso é quase uma estratégia imbatível.

Imagine uma pessoa usando colônia ou perfume. Quanto mais próximo estiver deles, mais sentirá sua fragrância. O odor e a essência do Satan é o cheiro de dúvida. Portanto, quanto mais perto você chega dele, mais duvida que ele existe.

Quando você está pronto para derrotar o Satan, por ele estar debaixo das suas garras, você não o verá. Em vez disso você duvidará dele e duvidará de sua existência ainda mais. É por isso que temos de começar a admitir o nosso ego e aceitar a dor de abandonar nossas opiniões e posições sempre que discutimos com os outros.
Porque a partir do momento em que realmente identificarmos o Satan em nossas vidas, o paraíso será nosso.

O que nos leva ao segredo de Purim e uma das razões para vestir uma fantasia.

O BAILE DE MÁSCARAS

Nosso ego é uma fantasia. Uma máscara. Uma farsa. Não é o nosso verdadeiro eu. É por isso que discutimos e brigamos. Cada pessoa reage à máscara e à falsa identidade da outra pessoa. Em Purim, vestimos uma fantasia com um propósito. Todo mundo sabe e vê que a fantasia não é a pessoa real. Ninguém está realmente escondendo seu verdadeiro eu. Ninguém está negando que está usando um disfarce. Estamos todos conscientes de que estamos participando de uma festa à fantasia. Depois nos dizem em Purim para ficarmos “altos” com àlcool, para brincarmos e festejarmos de forma segura e alegremente. Então, todo mundo está feliz e cheio de alegria enquanto todos nós vemos claramente as fantasias expostas uns dos outros.

É aí que reside o segredo da vida.

Quando todos nós admitirmos o nosso ego, nossa inveja, nosso orgulho, nossas inseguranças um para o outro, sem medo de expor o nosso verdadeiro eu, quando todos nós colocarmos nosso ego para fora com todos os seus traços feios, AÍ SIM iremos experimentar a verdadeira alegria e o paraíso. Quando expusermos o Satan, em vez de negá-lo e escondê-lo, o mundo vai mudar e vamos conseguir uma interminável festa, prazer e alegria para sempre.

Nós só precisamos parar de negar e começar a expor o nosso ego. Precisamos colocá-lo na frente e em exposição para os nossos amigos e inimigos admitindo-o. Isto significa que quando alguém errar conosco, nós iremos deixar isso de lado, porque saberemos que a outra pessoa realmente não o fez. Nós saberemos que foi a força do Satan que incitou seu comportamento. E também saberemos que é o nosso próprio Satan inflamando a nossa própria raiva em resposta. Se realmente virmos a fantasia de Satan em nós mesmos e na outra pessoa, haverá zero de raiva e conflito entre duas pessoas. O Satan será desmascarado e vamos nos conectar com a alma da outra pessoa e com a nossa própria alma.

Agora Luz e energia estarão livres para fluir entre nós.

Esse é o segredo. Esse é o poder que nos espera.

Em vez de esconder nossos traços negativos, precisamos expô-los! Então, vá dizer a um amigo como você é ciumento. E pare de levar para o lado pessoal quando alguém te magoa ou te trata mal. Comece a reconhecer que o Satan é aquele que está manipulando os cordéis por detrás dos bastidores.

Quando fizermos isso, o prazer da Festa de Purim vai durar para sempre. Nós já não precisaremos de álcool para ficarmos “altos” e felizes. A felicidade e o estar “altos” virão a nós naturalmente, muito mais do que podemos imaginar. A dor da vida e as nossas dúvidas sobre a existência imortal e sobre”felizes para sempre” desaparecerão em um instante.

Este Purim, quando ouvirmos a leitura do Livro de Esther, enquanto meditarmos para destruir Haman, saiba desde agora que Haman é o nosso próprio ego. Nós estamos aqui para destruir a Haman interno, o Satan interior e o Adversário que se esconde sob o disfarce de nosso ego.

Nós destruímos esta força identificando e admitindo todos os nossos piores traços.

Encontre o Satan, e você encontrará o paraíso.


por Billy Phillips

Discussion

2 comments